terça-feira, 25 de setembro de 2012

Isaías 2:22

A propósito de Humano


Em grego, na Septuaginta (edição de Luciano e outras, embora com algumas diferenças - a propósito ver    Vetus testamentum graecumcum variis lectionibus, Tomo IV)


Isaías 2:22

Παυσασθε υμιν απο του ανθρωπου ο αναπνοη εν μυκτηρι αυτου οτι εν τινι ελογισθη αυτος

Deixai o humano, cujo fôlego está no seu nariz, pois em que é que ele conta?

Podemos traduzir de forma menos literal:

Deixai o humano, esse orgulhoso, pois que é que ele vale?


O texto em hebraico חדלו לכם מן־האדם אשר נשמה באפו כי־במה נחשב הוא׃, é traduzido normalmente no mesmo sentido:

Deixai-vos pois do homem cujo fôlego está no seu nariz; porque em que se deve ele estimar? 
(João Ferreira de Almeida)

Mas a Bíblia da Difusora Bíblica (Franciscanos Capuchinhos), de 1993, verte assim:

Deixem, pois, de confiar no homem! Ele não é mais do que um sopro. Que valor tem ele, então?



Parece haver de facto uma comparação entre o humano e o sopro, na fugacidade de cada inspiração e expiração.

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.