quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Eros, um conquistador de mortais e imortais

A propósito do Amor:




Hesíodo, Teogonia, 120-122:
...ἠδ' Ἔρος, ὃς κάλλιστος ἐν ἀθανάτοισι θεοῖσι,
λυσιμελής, πάντων τε θεῶν πάντων τ'ἀνθρώπων
δάμναται ἐν στήθεσσι νόον καὶ ἐπίφρονα βουλήν.



Tradução:

… e o Amor, o mais belo entre os deuses imortais,
Amacia os membros e conquista, nos peitos de todos
Os deuses e homens, a mente e a vontade sagaz.

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.