sábado, 6 de outubro de 2012

Conhecer-se a si mesmo

A propósito de Sócrates...



Então, Sócrates não era parvo quando se procurava a si mesmo, mas são-no todos os que procuram qualquer outra coisa, pois é difícil encontrar o entendimento necessário disso. De facto não se pode esperar ser capaz de alcançar o conhecimento de outra coisa, se não se for capaz de ter em mãos o principal de si mesmo.




Plutarco, Adversus Colotem 1118F:
Οὐ Σωκράτης οὖν ἀβέλτερος, ὅστις εἴη ζητῶν ἑαυτόν, ἀλλὰ πάντες, οἷς ἔπεισί τι τῶν ἄλλων πρὸ τούτου ζητεῖν, ὅτι τὴν γνῶσιν ἀναγκαίαν ἔχον οὕτως εὑρεθῆναι χαλεπόν ἐστιν. Οὐ γὰρ ἂν ἐλπίσειεν ἑτέρου λαβεῖν ἐπιστήμην, ὃν διαπέφευγε τῶν ἑαυτοῦ τὸ κυριώτατον καταλαβεῖν.

1 comentário:

  1. Uma coisa interessante essa de conheça-te a ti mesmo. Sun Tzu já falava alguns séculos antes de Sócrates que aquele que conhece a si mesmo e conhece ao seu inimigo ainda que em cem batalhas nunca correrá perigo, e Bruce Lee falav que conhecer a si mesmo é se estudar em relações com outras pessoas.

    ResponderEliminar

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.