terça-feira, 21 de julho de 2015

O critério de decisão é o Bem

A propósito de critério...




Normalmente, é assim que um sujeito se relaciona com as categorias ético-religiosas:

"eu quero o Bem, ou quero Deus, mas também quero ser eu a decidir o que é o Bem e o que é o Deus!"

E, contudo, das duas uma: ou não se quer saber de ética nem de Deus para nada, e então não há qualquer questão de prioridade; ou se quer o Bem e se acredita em Deus, e então a prioridade é a preocupação com o Bem e na relação a Deus.

Se há uma preocupação sincera com uma determinação (seja a do Bem, seja a de Deus, seja a de outra qualquer), então o decisivo é que essa determinação é o critério, a medida, a fonte de validação e eu não tenho poder para decidir sobre o que a medida é... Isto é tão evidente que até o mais iletrado dos homens o sabe, pois jamais lhe passará pela cabeça pesar a sua vaca senão por uma medida fixa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.