quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Leibniz: pensar sem palavras?

A propósito de pensamento e signo...


[...]
B. E então? Os pensamentos são possíveis sem palavras.
A. Mas não sem alguns outros sinais. Pergunto-me se tu poderias fazer algum cálculo matemático sem números.
B. Muito me perturbas, pois não pensei que os sinais ou símbolos fossem tão necessários ao pensamento.
[...]

Leibniz, Dialogus de conexione inter res et verba

[...]
B. Quid tum? Cogitationes fieri possunt sine vocabulis.
A. At non sine aliis signis. Tenta quaeso an Arithmeticum calculum instituere possis sine signis numeralibus.
B. Valde me perturbas, neque enim putabam characteres vel signa ad ratiocinandum tam necessaria esse.
[...]

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.