quinta-feira, 25 de julho de 2013

A doença do espírito

A propósito de doenças...

Toda a gente percebe que se pode sentir de saúde e estar profundamente doente. A maioria da gente ouviu ou conhece histórias deste género: um sujeito foi ao médico por rotina e saiu do consultório com a má-nova de se saber doente. Da mesma maneira, toda a gente tem a noção de que há pessoas que se julgam doentes sem o estarem de facto: são os hipocondríacos. 

Contudo, quanto à saúde do espírito cada um crê ser o mais habilitado a diagnosticar-se e não parece passar pela cabeça de ninguém que possa acontecer com a doença do espírito o que se passa com a doença do corpo: 

que justamente no achar-se de saúde possa residir o mal ou que, inversamente, aquele que diz que está doente possa não o estar - 
ou, o que é o mesmo, seja precisamente o julgar-se doente daquilo que se julga doente que seja a doença, e não esteja de facto doente por aquilo em que se acha doente, tal como, de verdade, o hipocondríaco está doente, sem estar doente como julga.

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.