terça-feira, 19 de novembro de 2013

Ser alguém no mundo

A propósito da consciência de si.

A tragédia não é que um eu não venha a ser nada no mundo, a tragédia é que ele não venha a tornar-se consciente de si mesmo, consciente de que o si-mesmo que ele é, é qualquer coisa bem definida e, portanto, o necessário.

Kierkegaard, A doença até à morte, XI, 149

Sem comentários:

Enviar um comentário

discutindo filosofia...

Creative Commons License
Os textos publicados neste blog por luisffmendes estão sob uma licença Creative Commons

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.